Quer saber quem eu sou?

Ooi Internet, esse aqui é meu diário. Tenho 15 anos, dez páginas de dever de matemática para fazer, uma imaginação muito fértil, uma vontade inexplicável de ser escritora, uns amores guardados no coração, uma paixão por música e livros e um gosto estranho por nus artísticos.

Tenho medo de nunca ser importante. 

O Até a eternidade surgiu no momento em que o bloco de notas do meu celular já estava sem espaço para novos delírios e desilusões amorosas. 

Satisfação, Bruuh Morais <3

Obrigada por fazer parte do meu sonho!